Blog

Pavimentadora: como funciona essa máquina de asfalto

Uma cena muito comum quando passamos pelas avenidas, e principalmente nas estradas, é nos depararmos com profissionais trabalhando na pista. E convenhamos que para muitos isso não é uma experiência nada legal. Isso porque dependendo da obra, a tendência de ficarmos parado no congestionamento é grande.

Contudo, apesar dos imprevistos, a manutenção das nossas vias e rodovias é essencial. Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Asfalto (Abeda), mais de 90% das estradas pavimentadas nacionais são de revestimento asfáltico.

No entanto, grande parte dos trechos que têm pavimento não estão em bom estado, segundo dados da Confederação Nacional do Transporte (CNI). Por isso, muito trabalho ainda precisa ser feito em nossa infraestrutura rodoviária. E para garantir o nivelamento correto da via, alguns equipamentos são considerados essenciais. Um deles é a pavimentadora de asfalto.

Você sabe como funciona essa máquina de asfalto? Neste post, vamos mostrar a importância da pavimentadora para os engenheiros e demais profissionais que trabalham em obras de pavimentação de pista.

O que é pavimentadora?

Máquina de asfalto potente, a pavimentadora é um veículo essencial para pavimentação de vias. Seu sistema garante extrema eficiência para a qualidade final do pavimento graças a sua capacidade de nivelar, aplicar e pré-compactar o concreto asfáltico em rodovias ou obras públicas, aperfeiçoando assim o alinhamento do solo, o que deixa a pista reta e sem deformidades.

Como funciona uma pavimentadora

A pavimentadora de asfalto funciona em diferentes etapas. A primeira é quando a massa asfáltica é despejada no veículo. O material é transportado por largas travessas metálicas até os distribuidores eliquedais, que são responsáveis por proporcionar o fluxo uniforme da massa.

Com isso, sensores de alimentação automática garantem uma pavimentação constante e uniforme sobre toda a largura da mesa. Por fim, todo o material distribuído é pré-compactado e alimentado pela mesa.

Após esse processo, o sistema rodante e a tração dos pneus são capazes de empurrar o caminhão seguindo então todo o percurso, até o final da aplicação da massa asfáltica.

Quais são os tipos de pavimentadora

Há disponível no mercado pavimentadoras diversas. Cada uma oferece diferentes componentes para realizar o trajeto, como esteiras de borracha, pneus e esteiras de aço.

As pavimentadoras com esteira de borracha e rodas oferecem alta mobilidade em projetos que exigem muita movimentação, conseguindo grande rendimento em obras urbanas. Já as com esteiras de aço têm ótima performance em pisos com baixa aderência e se adaptam facilmente em terrenos irregulares.

CTA

Se investir no equipamento, fique atento

Se você está pensando em investir em uma pavimentadora, além do custo, é preciso ficar atento também com o retorno que esse investimento pode trazer. Sistemas robustos e inteligentes de tração e direção, aliados a outros aspectos da pavimentadora, promovem excelência em qualidade e acabamento do pavimento asfáltico, reduzindo custos extras e eliminando retrabalhos.

Por isso, a escolha correta requer atenção para os seguintes itens:

  1. Manobrabilidade
  2. Produtividade: reduzindo custos e o tempo de execução.
  3. Emissão de poluentes: os motores devem ser no mínimo Tier 3
  4. Emissão de ruídos
  5. Vibração e Tamper: além de facilitar a flutuação da mesa ela promove o acabamento superficial do pavimento. Realiza pré compactação da massa asfáltica ainda quente que termina com o tamper. Isso facilitará a compactação dos rolos e evitará o aparecimento de trincas e erosões no pavimento.
  6. Aquecimento da mesa: pode ser a gás ou elétrico. O aquecimento a gás é mais silencioso e menos poluente. O aquecimento elétrico é mais rápido e não há a necessidade de manuseio de garrafas de gás para troca.

Quanto mais manobrável uma pavimentadora, maior será sua flexibilidade na aplicação. Menor raio de giro, tração em quatro rodas, controle eletrônico de tração e maior área de contato com o solo são aspectos fundamentais para máquinas de alta performance, já que conferem agilidade e alta produtividade ao equipamento.

O conteúdo foi útil? Aproveite para seguir nossos perfis nas redes sociais e conheça nossos produtos. Estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn e no YouTube. Aproveite também para assinar nossa newsletter. Até a próxima!!

Posts relacionados