Quais as vantagens de comprar equipamentos para sua obra?

Quais as vantagens de comprar equipamentos para sua obra?

Se você é empreendedor do ramo da construção civil, certamente já se encontrou na situação de como fazer o melhor investimento de equipamentos para sua obra, correto?

Na hora de começar a construir um novo empreendimento, muitas construtoras têm a seguinte dúvida: comprar equipamentos é realmente a melhor opção?

Se você está prestes a iniciar um projeto e está com dúvidas em relação a isso, continue com a gente e saiba porque comprar equipamentos para obra pode ser um excelente negócio!

Veja agora as principais vantagens de comprar equipamentos para sua obra!

Independente do ramo de atuação, a dúvida entre comprar e alugar equipamentos surge principalmente para empresas e novos empreendedores que estão iniciando no mundo dos negócios.

Essa insegurança é perfeitamente compreensível. Estes investimentos devem estar alinhados com o valor do capital disponibilizado pela empresa, portanto, antes de pensar em como serão adquiridos estes produtos, é primordial conhecer e analisar o tipo de planejamento financeiro adotado pela corporação para evitar surpresas desagradáveis no orçamento final.

No setor de construção civil, esse questionamento ainda vai mais além. A escolha pela compra de equipamentos vai depender muito da estratégia adotada pela construtora, como por exemplo, quais tipos de construção ela vai atuar (pequeno, médio ou grande porte) e período estimado de conclusão.

Existem algumas condições que devem ser consideradas no momento de escolher pela compra de equipamentos.

Observar o nível de maturidade da empresa é uma delas: está consolidada no mercado? É destaque no ramo onde atua? Se a resposta para as duas perguntas for sim, com certeza, a confiança para investir na compra de equipamentos é consolidada, sendo possível estabelecer um valor pré-determinado para a aquisição das ferramentas necessárias.

No setor de construção civil, esse questionamento ainda vai mais além. A escolha pela compra de equipamentos depende muito da estratégia adotada pela construtora, como por exemplo, quais tipos de construção ela é especializada (pequeno, médio ou grande porte) e período estimado de conclusão da obra.

Em obras com duração de oito meses a um ano, por exemplo, investir na compra de equipamentos é o mais recomendado, principalmente se a empresa for especializada em obras de grande porte. Ao adquiri-las, tanto o maquinário quanto às demais ferramentas passam a fazer parte do patrimônio da empresa, sendo úteis em projetos posteriores.

Se a empresa adotar uma estratégia de expansão a curto ou a longo prazo, nestes casos, apostar na compra de equipamentos é também um excelente investimento.

Com o fortalecimento do nome da empresa no mercado e apresentação de um bom rendimento, naturalmente, ela torna-se mais relevante no setor, e a tendência é de aumento das ofertas de trabalho, gerando assim mais lucros. Logo, o capital inicialmente investido na compra de equipamentos será rapidamente reposto.

É importante reforçar que ao decidir por esse tipo de investimento, é preciso pensar também nos custos com manutenção, reparo e armazenamento dos equipamentos. Esses valores devem estar inclusos no planejamento financeiro da empresa.

A estratégia de compra de equipamentos traz consigo a ideia de redução de custos, fator importante para qualquer empresa referente à tipos de investimentos. Uma gestão de equipamentos eficiente traz impacto significativo no orçamento da construtora, além de potencializar os índices de produtividade e redução de desperdícios.

Vejamos agora quais são elas:

Pesquise sobre fornecedores

Conhecer o fornecedor de equipamentos para construção civil é essencial no processo de decisão de compra. Faça uma pesquisa sobre fornecedores, analisando os tipos de serviços e condições oferecidas por cada empresa e quais possuem melhor relação custo-benefício.

Outra boa estratégia é optar por parcerias com empresas do ramo da construção civil, pois vai otimizar ainda mais o processo de aquisição dos produtos. Para obras de grande porte, várias empresas oferecem condições especiais. E não tenha vergonha de negociar!

Treine os seus funcionários

Uma má utilização das máquinas pode comprometer o seu desempenho. Invista em treinamentos de capacitação para que seus funcionários estejam devidamente aptos a operarem o maquinário e demais ferramentas utilizadas na obra.

Sabendo manusear os equipamentos de forma correta, você evita atrasos no cronograma da obra, assim como reduz gastos desnecessários com serviços de reparação.

Realize a manutenção preventiva

Assim como o manuseio, a maneira como as ferramentas e máquinas serão armazenadas podem interferir diretamente em seu desempenho.

A manutenção preventiva tem como objetivo prevenir instabilidade dos equipamentos, além de facilitar a identificação precoce de eventuais problemas. A manutenção preventiva garante a redução na degradação e contribui na conservação da estrutura das máquinas e demais ferramentas.

Utilize a tecnologia na gestão dos equipamentos

A tecnologia surgiu para facilitar a vida das pessoas, e na construção civil podemos utilizá-la para otimizar diversas etapas da obra, assim como efetuar uma boa gestão de equipamentos.

Softwares, aplicativos, inteligência artificial e a velha conhecida planilha são ferramentas bastante úteis no gerenciamento de informações importantes, desde o controle de gastos com a obra e acompanhamento da evolução do projeto, até possíveis alterações na estratégia adotada. Estes dados agrupados em único local poderão ser consultados a qualquer momento e fáceis de incluir e modificar informações.

Use o consórcio para manter o maquinário atualizado

Como falamos no início do texto, é preciso que haja planejamento financeiro bem estruturado para investir na compra de equipamentos. Afinal, por serem de alto custo, o valor investido pode causar grande impacto ao capital da empresa.

É impreciso dizer quando será necessário efetuar a substituição de equipamentos ou máquina específica, independente do seu tempo de vida útil. E é aí que o consórcio pode ser uma boa opção para você.

O valor das parcelas mensais não vai atingir negativamente no orçamento da construtora, e caso seja necessário, você pode ainda oferecer um lance para ser contemplado e adquirir novos equipamentos, além de estar ininterruptamente investindo na atualização do maquinário. O consórcio torna-se uma ótima estratégia na prevenção de gastos excessivos.

Veja agora algumas dicas de como comprar equipamentos!

  • A presença do responsável pela obra é fundamental no processo de compra de equipamentos, pois é ele que vai acompanhar todas as etapas da obra e sua evolução. O gestor saberá escolher as melhores ferramentas e produtos para serem utilizados durante a construção;
  • Além do gestor, é preciso ter um profissional com conhecimento técnico específico sobre ferramentas e maquinário, e como serão empregados na obra. O “comprador” também deve ter participação ativa nas reuniões para ter conhecimento de cada etapa da obra, bem como quais serão os investimentos a serem feitos na construção, além de, é claro, ser um bom negociador;
  • Faça uma avaliação ampla do mercado de construção civil: quais são as melhores marcas; distribuidoras e fornecedoras de destaque de equipamentos; o que há de novidade no setor;
  • É recomendável a compra de equipamentos de menor porte, como andaimes, furadeiras, betoneiras, lixadeiras e guinchos. Além de serem utilizados com maior frequência, os serviços de armazenamento e reparo são mais cômodos para a construtora.

Está decidido a comprar equipamentos para sua obra? Esperamos que esse artigo tenha te ajudado neste processo. E para facilitar ainda mais, que tal conhecer o nosso catálogo?

Aqui na Mason Equipamentos temos diversos produtos para construção civil, das mais variadas marcas e com grande no mercado e da mais alta qualidade. Para saber mais, acesse agora mesmo o nosso catálogo e conheça melhor as nossas condições!

Compartilhar este post

Fique por dentro das nossas novidades. Assine nossa newsletter.