Como criar um cronograma de obras eficiente?

Como criar um cronograma de obras eficiente?

Assim como a grande maioria das nossas atividades cotidianas, para que tudo saia perfeito e sem maiores problemas, é preciso ter um planejamento prévio. Com a ideia inicial em mente, o próximo passo é estabelecer as estratégias corretas e, assim, conquistar o objetivo pretendido.

Na construção civil, pensar nos detalhes de cada etapa do projeto é primordial, afinal, independente do tipo e porte da obra, é importante estipular tempo, valores e, acima de tudo, prazo de início e conclusão da construção.

Além disso, há, também, o material utilizado, mão de obra, entre outros detalhes. Ou seja: há muita coisa para se fazer até que a obra seja finalizada. E para que nada fuja do controle, fazer um cronograma de obras é a solução ideal. E para não perder o controle da construção,  há bastante coisa para avaliar e se preocupar.

Está com o projeto da sua obra em mãos e deseja iniciá-la o mais breve possível? Continue a leitura e aprenda a importância de fazer um cronograma de obras eficiente e um passo a passo prático para ajudar a criar o seu!

Por que você deve criar um cronograma para sua obra?

Uma construção demandas diversas fases, e para cada uma delas, existem um conjunto de técnicas específicas que envolvem desde o tipo de material e ferramentas até o tipo de serviço e mão de obra responsável por ela. E tudo deve ser acompanhado de perto.

Para isso, é feito o cronograma. Através do documento, o engenheiro responsável pela obra vai conseguir orientar toda a equipe envolvida no projeto da melhor forma possível, ajudando ainda a reduzir atrasos, desperdícios de materiais e aumento na produtividade.

Além disso, o cronograma ajuda nas no momento das compras, controle no orçamento estipulado e otimiza a fiscalização de cada fase da obra. Caso seja notado algum erro na parte estrutural ou qualquer outro sinal de dificuldade no caminho, com a fiscalização regular, as correções devidas são feitas de forma mais rápida e, assim, o período estimado da obra segue sem alterações.

E quem é o responsável por criar o cronograma? O gerente de projetos. Este profissional experiente tem como função elaborar, com base no projeto apresentado, as orientações devidas para a obra. No cronograma, estarão contidos informações quanto a execução, desempenho, monitoramento e encerramento da construção, além do orçamento previsto.

Ao contratar o gerente de projetos para sua obra, certifique-se de que ele possui boas referências no mercado. Analise quais foram as últimas obras em que participou e sua forma de trabalhar com gestão de equipes. Assim, você garante que seu projeto está em boas mãos.

O cronograma pode ser acompanhado por meio de planilhas ou programas específicos para gestão de projetos. Independente do meio escolhido, é importante que o responsável pela a obra a tenha sempre em mãos para consulta.

Passo a passo para criar o seu cronograma de obras

Faça o mapeamento detalhado de todo o projeto

Reúna toda a equipe (engenheiros, arquitetos, orçamentistas, mestres de obras) de modo que cada um contribua e entenda sua participação durante a obra. Cada um deve pontuar suas exigências e ideias para otimização dos processos e, assim, o gestor de projetos vai conseguir elaborar o cronograma eficaz e suficiente para cada setor.

Defina as prioridades

Em qual tempo a obra precisa ser concluída? Essa é uma das perguntas que podem ser respondidas durante a criação do cronograma. Além dela, orçamento estipulado para cada etapa, sugestão de mudança nas datas (redução ou extensão do prazo para conclusão), e detalhar alguma característica específica que a obra precisa ter podem ser adicionadas neste tópico.

Faça o monitoramento de cada fase

Acompanhar o desenvolvimento e a evolução da obra contribui para que o cronograma seja seguido à risca. É importante que o documento seja constantemente atualizado de modo a analisar melhor o trabalho executado.

Acompanhe o processo de compras de ferramentas e materiais

Analise junto a equipe da obra quais serão os tipos e a quantidade materiais de construção necessários para a compra. No cronograma, aponte o orçamento estipulado e certifique-se que os custos permaneçam de acordo com o previsto, para evitar maiores problemas, como a falta de recursos. Neste momento, fique atento aos prazos de entrega e encomenda de materiais para que o andamento das obras não sejam prejudicados.

Faça a medição de resultados

Lembre-se: o cronograma é útil para avaliar a obra de forma mais aprofundada, logo, todas as informações nele documentadas servirão de espelho para outros projetos futuros. Além disso, é fundamental revisar os detalhes após a conclusão da obra para certificar de que o trabalho seguiu conforme os prazos estabelecidos no início.

O que achou deste conteúdo? Foi útil para você? Aqui no blog, temos diversos outros artigos com dicas essenciais para te ajudar na sua obra. Deixe sua opinião nos comentários e compartilhe este artigo agora mesmo nas suas redes sociais!

Compartilhar este post

Fique por dentro das nossas novidades. Assine nossa newsletter.