Blog

10 erros muito comuns em obras que você precisa evitar

Quem vai construir ou reformar tem uma única preocupação: que a obra seja concluída com êxito. E se for dentro ou menor que o prazo estabelecido, melhor ainda, não é?

Bom, se o projeto for entregue antes do previsto, não significa dizer que você está livre de ter cometido alguns erros durante as obras.

No geral, qualquer deslize ou esquecimento de algum detalhe mínimo, podem, além de dificultar a evolução do projeto, gerar prejuízos no futuro tanto financeiros como por em risco à integridade física dos profissionais do canteiro e proprietários da construção.

Felizmente, a grande maioria destas falhas podem ser prevenidas. No texto de hoje, vamos apontar os principais erros em obras e o que pode ser feito para evitá-los!

10 erros mais comuns em obras!

1 – Ausência de um orçamento e planejamento detalhado

Se você quer ter sucesso na sua obra, reproduza sua ideia no papel ou em alguma outra ferramenta voltada para Esse documento será o guia fundamental para que todas as etapas da construção sigam de acordo com o prazo e orçamento estabelecido, além de facilitar o entendimento de quem está trabalhando na obra. O planejamento deve abranger, dentre outros pontos, a viabilidade e a segurança da obra.

2 – Uso de ferramentas de má qualidade

A dica vale tanto para a compra de insumos quanto de máquinas e ferramentas específicas para construção civil. Investir em produtos de qualidade duvidosa para sua obra podem, sim, comprometer seu andamento, além do risco iminente de acidentes.

E todas as fases da obra devem ser priorizadas! Portanto, esqueça a ideia de “investir mais caro” somente em determinada fase e economizar no restante. Uma atividade mal executada hoje pode sair bem mais cara no futuro.

3 – Escolha incorreta de materiais de construção

Assim como as máquinas, é fundamental pesquisar e investir em insumos e materiais de construção de boa qualidade na sua obra, mesmo que você possua uma boa equipe de trabalho para aplicá-los corretamente.

Cimentos, concretos, tijolos e gesso são exemplos de insumos básicos para qualquer construção, pois são aplicados ainda na fase estrutural. Observe o fabricante e os fornecedores destes materiais para se certificar de que você está investindo em produto de qualidade.

4 – Falta de mão de obra qualificada

Para que a obra seja erguida com sucesso, inúmeras pessoas trabalharam em conjunto para isso. Não adianta você ter um projeto incrível e grandioso em mãos se os profissionais escolhidos para executá-lo não possuem conhecimento específico, habilidade técnica e responsabilidade para o executarem, não é?

Em qualquer obra de sucesso, há um time de profissionais de excelência que trabalharam incansavelmente para entregar um produto de qualidade. Antes de contratar sua equipe dos sonhos, entenda quais são as principais necessidades de cada fase de seu projeto e quem seriam os profissionais adequados e fundamentais para erguê-lo.

5 – Ignorar as normas regulamentadoras

Como já falamos anteriormente, uma obra demanda de diversas fases, e para cada uma, há um conjunto de regras estabelecidas que visam manter a segurança de todos os trabalhadores ativos dentro do canteiro.

As NRs são obrigatórias por lei e seu não-cumprimento acarreta em multas altas e suspensão das atividades da construtora.

6 – Remoção de paredes estruturais

Um dos erros mais comuns e graves da construção civil, eliminar alguma parte estrutural da edificação precisa ser estudada com antecedência com avaliação de um arquiteto ou engenheiro, profissionais especializados no assunto. Essa prática pode causar o desmembramento entre as partes já construídas pondo em risco a vida dos trabalhadores.

7 – Não utilizar as EPIs

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) devem ser obrigatoriamente usados por todos os profissionais que atuam em locais insalubres, cujo trabalho executado põe em risco a sua saúde.

O canteiro de obras é um espaço considerado de risco pois, a todo momento, os operários manipulam máquinas pesadas, substâncias químicas tóxicas e estão frequentemente sendo suspensos a grandes alturas. O uso correto das EPIs reduzem as chances de acidentes graves durante a obra.

8 – Não fazer análise quanto ao tipo e qualidade do solo

Dependendo da área escolhida para erguer a construção, o solo existente pode não suportar a carga máxima de concreto e toda a sua estrutura. Com essa análise prévia, a próxima etapa é definir as estratégias eficientes na hora de elaborar a fundação e, assim, evitar o afundamento gradual da edificação e um possível desmoronamentos.

Negligenciar essa etapa de sondagem pode, ainda, acarretar no surgimento das patologias na construção civil, que são os erros e danos ocorridos na parte estrutural de uma obra.

9 – Falta de iluminação adequada

É preciso identificar as necessidades do cliente – ou as suas, caso esteja construindo por conta própria – antes de escolher a iluminação correta para os espaços da obra. Alinhe com o mestre ou gerente de obras quais seriam as melhores estratégias e melhor produto para investir, como por exemplo, iluminação de LED, luminárias, lâmpadas em determinados pontos, entre outros.

10 – Falta de comunicação entre as equipes

O canteiro de obras é um espaço dinâmico em que muitas atividades acontecem ao mesmo tempo, além do intenso fluxo de pessoas passando pelo canteiro diariamente.

Acompanhar o progresso, desempenho e produção das equipes é fundamental para que a obra siga com fluidez e sem atrasos. Além disso, deixa os responsáveis por cada equipe cientes do que está sendo feito. Estabeleça a comunicação integrada e contínua entre o cliente, arquitetos e engenheiros, mestre de obra e operários.

É importante lembrar que todos os erros em obras citados acontecem em projetos de grande e pequeno porte. Portanto, seja você dono de construtora, engenheiro ou mestre de obras, ou está pensando em fazer uma reforma na casa ou ampliar seu comércio, fique atento as nossas dicas e evite dores de cabeça desnecessárias, ok?

Nós da Mason Equipamentos temos como objetivo te ajudar a obter sucesso nos seus projetos e por isso, toda semana você tem acesso a conteúdos ricos sobre o mercado de construção civil.

E para te ajudar ainda mais, preparamos ebook especial – e gratuito! – sobre os 13 equipamentos que não podem faltar na sua obra. Com ele, você, empresário e/ou profissional do ramo, vai tirar todas as suas dúvidas quanto às principais máquinas e ferramentas essenciais para seu projetos. Baixe agora!

Posts relacionados